Comprometimento e Compromisso

O que o compromisso em um relacionamento significa para você? Qual é a diferença entre compromisso e comprometimento nas suas relações íntimas? Essas são questões que nos perguntamos muitas e muitas vezes em nossas vidas e no nosso relacionamento. É uma investigação em andamento para nós e algo que achamos importante e significativo em nosso caminho de Relacionamento Consciente.

Trabalhando com muitos casais e indivíduos ao longo dos anos, percebemos que comprometimento e compromisso são pontos essenciais a serem explorados para aqueles que desejam manifestar uma conexão íntima e amorosa.

Um ponto a observar é o nosso compromisso: com o quê e com quem? Isso nos traz uma questão sobre nossos valores nos relacionamentos. A maioria de nós foi ensinada que o casamento, ou um relacionamento comprometido, significava sacrifício – até que a morte nos separe – onde a essência e a sacralidade do compromisso facilmente caíam sob o peso de agradar o outro e comprometer nossas necessidades individuais e a expressão de nossos sentimentos e valores pessoais. Hoje, a taxa de divórcio entre os países ocidentais é de cerca de 50%. Isso indica que algo está errado na forma como estamos nos aproximando do compromisso, certo? Esses números não levam em consideração quantas pessoas permanecem juntas, mas não são felizes.

Como seria se nós brincássemos com algo diferente, para ver o que aconteceria, e se nosso foco e compromisso não estivessem na parte do “até que a morte nos separe”, mas em um “campo energético de conexão vivo” que criamos e compartilhamos juntos no momento presente?

Isso pode soar um pouco estranho, mas quando nos aproximamos de alguém, criamos uma conexão energética, um laço, uma espécie de “bolha de amor” que une duas pessoas e cria um espaço íntimo entre elas. Esse “campo do amor” tem necessidades quase como uma entidade individual viva; precisa de atenção, cuidado e dedicação. Você pode dizer que é como ter um filho juntos de uma forma enérgica. O “campo do amor” se torna algo que ambas as pessoas são igualmente responsáveis por cuidar e permanecer em sintonia, para que essa “bolha de amor” cresça e se expanda. Portanto, nosso compromisso não está mais focado no outro, mas no amor em si.

Necessidades básicas do Campo do Amor:

  • Necessidade de interdependência (conexão)
  • Necessidade de proteção e segurança (limites saudáveis)
  • Necessidade de autonomia (individualidade)
  • Necessidade de toque físico ‘nutritivo’ (não apenas sexo, mas toque com presença)
  • Necessidade de celebração (se divertindo juntos)
  • Necessidade de conexão espiritual
  • Necessidade de uma visão, sentimentos e valores compartilhados (ser ouvido e entendido)

Outro ponto que vale a pena investigar é o medo do compromisso. Tantas vezes nos relacionamentos, não nos aprofundamos em nosso compromisso com a intimidade porque temos medo de comprometer nossa liberdade. É muito comum que quando essas “reações ou gatilhos” surjam, não sabemos como identificar e lidar com eles. Isto é especialmente verdade quando o relacionamento provoca nossos traumas não resolvidos e feridas do passado, e facilmente nos tornamos temperamentais, isolados, julgadores, agressivos, submissos, deprimidos, etc., a fim de não nos expormos em nossa vulnerabilidade.

Precisamos aprender a compartilhar o que sentimos, a construir confiança suficiente para sermos honestos e nos revelarmos como somos em nossa sombra e em nossa luz. Compromisso é o alicerce sobre o qual toda essa exploração pode acontecer porque ele cria um centro sólido e fundamentado dentro do qual podemos nos mover através dessas camadas profundas de insegurança, como o medo da separação e o medo da invasão.

Precisamos de ferramentas para poder “virar a página” e romper os padrões de amor imaturo, para aprofundar-nos em nós mesmos através de nossos relacionamentos e chegar a um compromisso autêntico e fortalecido. Como entendemos o compromisso é algo muito pessoal: acontece primeiro dentro de nós como um entendimento interno e depois se estende ao campo do amor. Ele vem de uma sabedoria interior e anseia por crescer e se desenvolver pessoal e espiritualmente. Quando o compromisso é focado principalmente por dentro – por exemplo, que eu quero tanto amor em minha vida diária que estou disposto a olhar dentro de mim e descobrir o que é em Mim que está impedindo o amor de fluir, então o poder está nas minhas mãos – torna-se possível viver em um relacionamento comprometido sem comprometer. É preciso cultivar a consciência, a compreensão e as ferramentas para percorrer esta jornada em curso para o Relacionamento Consciente.

Quais são alguns compromissos pessoais que podem apoiar uma mudança em direção a essa forma de se relacionar?

Aqui estão alguns exemplos de compromissos e valores pessoais que consideramos serem de suporte:

  1. Eu me comprometo a compartilhar meus sentimentos. Não culpar o outro, mas honestamente compartilhar o que eu sinto como é, sem juízos de certo ou errado.
  2. Eu me comprometo a participar da criação da segurança emocional no campo do amor.
  3. Eu me comprometo a aprender a conter minhas reações negativas quando não obtenho o que eu quero e a não deixar minha negatividade envenenar o campo do amor.
  4. Eu me comprometo a reparar quando a distância e separação na conexão aconteceram.
  5. Eu me comprometo a ser curioso sobre o que pode ser ativado dentro de mim com as minhas histórias anteriores.
  6. Eu me comprometo a dizer a verdade e a ser honesto, mesmo que o outro possa momentaneamente ficar desapontado e não me amar.
  7. Eu me comprometo a expressar minhas necessidades e sentir e compartilhar minha vulnerabilidade, que pode surgir ao fazer isso.
  8. Eu me comprometo a ficar aberto para aprender sobre mim mesmo através do espelho dos meus relacionamentos.

Esperamos que isso possa inspirar uma curiosidade dentro de você para descobrir seu caminho e fazer uma mudança em direção à conexão e à liberdade em seus relacionamentos. Podemos fazer a diferença neste mundo, transformando a nós mesmos e as relações que criamos. Nós vemos isso como uma responsabilidade fascinante e um forte compromisso de encarar e viver o que é essencial.

Com amor e respeito

Talib & Shubhaa